Assembleia na UEM aprova indicativo de greve

Técnicos e professores da UEM aprovaram indicativo de greve para o dia 26 de junho. A decisão foi tomada na terça-feira (18), durante assembleia unificada que ocorreu no RU, com a participação da Aduem, Afuem, Sesduem, Sinteemar e DCE. Isso significa que a UEM poderá entrar em greve já a partir do dia 26/06, e por tempo indeterminado, caso não seja aceita pelo governador a reivindicação de recomposição salarial dos servidores.

Segundo informações repassadas durante a assembleia, professores e agentes universitários estão há quatro anos sem receber os índices da inflação. O que caracteriza uma perda substancial próxima dos 17,2%. Como se os servidores deixassem de receber 2,27 salários por ano.

Procurar artigos publicados