30 de setembro: Dia Nacional de Luta em Defesa dos Serviços Públicos

Entidades realizaram protesto contra reforma administrativa (PEC 32/2020) em frente à Catedral. O objetivo foi dialogar com a sociedade, mostrar a importância do serviço público e denunciar o interesse atroz do Governo Federal.

 

Nesta quarta-feira (30), as entidades: Aduem, Afuem, Sesduem e Sinteemar participaram de um protesto em frente à Catedral contra a reforma administrativa do Governo Federal. O ato foi para denunciar que esta Proposta de Emenda à Constituição n. 32/2020 atingirá de forma desumana os serviços públicos essenciais. As entidades anunciam que a PEC 32 se trata apenas de uma retirada de direitos dos servidores e não de crescimento da economia.

"O governo não pretende mexer nos privilégios dos magistrados, políticos e militares, onde está a concentração dos maiores salários do funcionalismo público nacional, mas, sim, atingir os trabalhadores dos serviços essenciais da educação e da saúde, que ganham menos e trabalham muito na linda de frente", afirmam.

Protestos semelhantes a esse também ocorreram pela manhã deste dia 30 de setembro, em outras cidades do país, como parte do Dia Nacional de Luta em Defesa dos Serviços Públicos.

 

Procurar artigos publicados