Grupo pró-cotas comemora aprovação das cotas raciais

Após quase um ano de debates sobre a necessidade das cotas raciais na Universidade Estadual de Maringá (UEM), o Conselho de Ensino e Pesquisa da UEM aprovou ontem (20), Dia da Consciência Negra, a implementação de 20% das vagas dos vestibulares para pessoas negras. O resultado veio durante a reunião do CEP realizada no Campus. A votação terminou em noventa e oito votos favoráveis, quatro contrários e sete abstenções. O momento foi marcado por tensão e muita emoção.

Servidores reagem contra proposta de Reforma da Previdência encaminhada à Alep

Nesta semana, o governo Ratinho Jr. apresentou projeto de reforma da Previdência à Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) que institui o aumento do valor da alíquota dos servidores públicos estaduais. Os servidores reagiram contra a atitude do governador de encaminhar a proposta de reforma à Alep antes de qualquer debate com a categoria. O projeto institui aumento no valor da alíquota dos servidores de 11% para 14% de contribuição, incluindo os já aposentados, que pagarão esse valor sobre o que passar de dois salários. A proposta estadual está sendo avaliada como pior que a nacional, do Bolsonaro.

O sindicato Sinteemar realizou assembleia nesta sexta (22) com seus filiados e eles votaram pelo indicativo de greve. A Sesduem se reunirá na próxima terça-feira, e a Aduem também está se mobilizando e apoiará ações que forem decididas em conjunto, em defesa dos direitos dos servidores.

Procurar artigos publicados