Dia da mulher na Aduem teve formato inovador e participativo

O Dia Internacional da Mulher é histórico. Na Aduem, a programação incluiu rodas de conversa acerca de temas relacionados à rotina da mulher.

Neste ano, a programação do dia internacional da mulher, na Aduem, adotou uma dinâmica diferente para celebrar a memória daquelas que morreram lutando por mais direito e igualdade de gênero. Foi um dia para cuidar da beleza e da saúde do corpo e também para discutir assuntos relacionados à rotina da mulher.

A atividade que foi pensada para oferecer serviços estéticos gratuitos, numa forma de mimo às sócias, dessa vez integrou duas rodas de conversa para trazer conhecimento e compartilhar histórias de vida.

No primeiro momento, às 10h, as participantes tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais acerca do empoderamento feminino, refletir questões de gênero, de sexualidade, de violência sexual, psicológica e moral contra a mulher, sob mediação da Dra. Eliane Rose Maio (do DTP e PPE/UEM).

À tarde, às 15h, a roda de conversa foi com a Dra. Gisele Mendes de Carvalho, professora do Dpto de Direito Penal da UEM e Diretora Adjunta do Centro de Ciências Sociais Aplicadas, que apresentou a evolução dos direitos das mulheres. Mas que também falou da prevenção à violência de gênero.

E foi assim que aconteceu o dia da mulher na Aduem, com alguns cuidados de beleza, mas também com direito a discussões importantes relacionadas ao mundo feminino.

Essa nova proposta de ação para o dia das mulheres integra o programa político da gestão atual da Aduem.

 

Procurar artigos publicados